Por vezes o humor é o melhor remédio para fazer face a algumas situações. Daí que este artigo, ao contrário do que é normal neste blogue, seja uma parábola para alguns chefes ou patrões de empresas.

Saber rir dos nossos comportamentos, e de nós próprios é uma virtude que deve servir para ajudar a corrigir aqueles defeitos que nos impedem de tomar as decisões mais acertadas.

Daí que quando vi estes 10 mandamentos no grupo de discussão de recursos humanos do Linkedin publicado pelo Washnigton Sorio , não resisti a fazer algumas alterações e publicar aqui no blogue, para desta forma tentar fazer despertar algumas consciências que possam ler este artigo, e assim reflectirem sobre os seus comportamentos e a forma de os modificar para melhor.

Bom, chega de conversa e vamos então publicar os 10 mandamentos que o chefe de cumprir para conseguir destruir uma empresa sem fazer força:

1ª LEI – A CENTRAL DE CENTRALIZAÇÃO
Crie a Central de Centralização, ou seja, a sua própria mesa de trabalho. Tudo deve passar por você. Não deixe nada de fora. Afinal, essa é a sua função. Controle tudo. Assim, gasta o seu tempo convencendo-se de que sem a sua presença a empresa não existiria.

2ª LEI – A INTELIGÊNCIA BURRA
Valorize sempre os funcionários “puxa-saco” e os “graxistas”. Aqueles que fazem tudo aquilo que você manda, do jeito que você manda. Bom funcionário é aquele que faz exatamente o que você quer, sem questionar e de preferência sem saber pensar. Afinal você é o chefe precisamente porque é pago para pensar. Pense bem ou mal, o facto é que você pensa!

3ª LEI – A COMUNICAÇÃO
A comunicação é sua fonte do poder e de mais ninguém. Um chefe sabe muito bem que quanto mais explicar como funcionam as coisas, menos os funcionários entenderão. Isto vale dizer que quanto menos você se expor e menos falar, mais eles vão trabalhar e produzir. Afinal os funcionários não devem nunca ter dúvidas já que o trabalho que executam é tão fácil de ser feito que qualquer pessoa o pode fazer!

4ª LEI – O CLIENTE EM PENÚLTIMO LUGAR
“Cliente tem sempre razão” desde que concorde com suas idéias. Adote esse pensamento. O Cliente não entende do seu negócio. Você tem sempre razão e uma desculpa pronta para dar em diversos idiomas. Além do mais o cliente paga para ter o seu produto e/ou serviço logo se já pagou…. a razão que possa ter desde que não envolva uma nota de crédito ou devolução deve ser arquivada no fundo do seu cesto de papéis.

5ª LEI – O FUNCIONÁRIO EM ÚLTIMO LUGAR
Colocar o funcionário como prioridade só traz despesas. Não se preocupe em formar equipes ou times competentes e comprometidos com a sua Empresa. Ninguém dura para sempre. Além do mais e de acordo com o ponto 3, o trabalho que executam é tão fácil… que não hão-de faltar candidatos para os substituir sem perder competitividade.

6ª LEI – CRIATIVIDADE
Para uma empresa funcionar cada vez melhor e produzir cada vez mais, crie mais actividades para seus funcionários. Faça-os controlar o consumo de clips, canetas, borracha, lápis, papel e envelopes no setor. Exija um relatório mensal dos produtos consumidos. E se quiser levar este impulso mais longe, não se esqueça de incluir um relatório mensal sobre o economato gasto na casa de banho. De preferência faça-os criar gráficos de evolução de consumo por sector!

7ª LEI – SOLUÇÃO DE CONFLITOS
Conflitos sempre existirão. Então por que perder tempo para resolvê-los? Os conflitos devem ser ignorados. Afinal, em cada conflito os funcionários sempre passam a defender um dos lados e transformam um desentendimento sem importância em uma comoção descontrolada. Quando os conflitos aparecerem, faça de conta que eles não existem. De qualquer forma, sempre que tenta resolver um conflito acaba sempre por tomar o partido de um dos lados, e não convém dar a entender que há trabalhadores mais favorecidos do que outros.

8ª LEI – POLÍTICA SALARIAL
Comece a reformular a política salarial da sua empresa: corte os subsídios de Transporte – caminhar faz bem à saúde. Essa decisão é importantíssima. Contenção de despesas começa com os salários e benefícios. E se algum funcionário engraçadinho pedir aumento de salário, demita-o.  Assim está a demonstrar um exemplo vivo de que não é com brincadeiras que se chega a algum lado na empresa.

9ª LEI – MOSTRAR RESPEITO
As pessoas gostam de ouvir que elas não estão trabalhando direito, isso incentiva mais o trabalho. Critique tudo e todos. De preferência insulte os seus colaboradores mais próximos de forma veemente para que assim eles insultem também os seus subordinados e assim por diante.Nunca se esqueça de que desde a administração à limpeza todos devem ser constantemente lembrados de que não prestam… só assim é que aqueles preguiçosos vão conseguir trabalhar!

10ª LEI – AUTORIDADE
Os funcionários precisam de certa autoridade para realizar o seu trabalho. Crie um clima de tensão. Assim eles vão trabalhar mais e não vão ficar passeando pelos corredores ou setores vizinhos. Se você pegar algum funcionário fora do seu setor de trabalho dê uma suspensão de 10 dias. Sua autoridade é poder.

Se você se encaixou em algum desses mandamentos é hora de começar a mudar o seu estilo gerencial.

Lembre-se: é com o chefe que as pessoas convivem no dia a dia. Chefes que sabem liderar pessoas são peças importantíssimas para um ambiente de trabalho estimulante, saudável e criativo. Ao contrário, chefes despreparados para lidar com pessoas perdem em produtividade, criatividade e, conseqüentemente, em resultados.

É o chefe que orienta as pessoas, ou, desorienta. É o chefe que as ajuda a crescer ou a estagnar. O chefe tem o poder de melhorar, ou piorar, sensivelmente, a vida de seus subordinados.

Se o chefe souber lidar com as pessoas, for competente, orientar e aproveitar o que elas têm de melhor, for líder e justo, os subordinados vão gostar cada vez mais da empresa. Mas, se o chefe for autoritário, desmotivador, não souber estimular e se não tiver as qualidades profissionais e humanas básicas, as pessoas vão deixar a empresa na primeira oportunidade.

Por fim, algo que faz toda a diferença: um bom chefe é a alma do negócio, pois ele define, inspira e impregna o ambiente de trabalho.

E vocês, como classificam os vossos chefes ou subordinados?

Até Já!

Related Posts with Thumbnails