O Bore Out, significa desmotivação, ou insatisfação com as tarefas que se desempenha. Ao contrário do Burn Out (ou esgotamento), quando uma pessoa sofre de Bore Out, o que existe é uma desmotivação constante e latente em todas as actividades que realiza.

Na maior parte das vezes o Bore Out, manifesta-se de uma forma silenciosa,cujos comportamentos associados são a desmotivação, que é vista pelos outros quase como um certo laxismo, ou vontade de “deixar andar”. Neste tipo de situações as pessoas procuram uma coisa aparentemente simples, mas que nas empresas é mal interpretado, ou seja procuram apenas que as “deixem em paz”.

No entanto, quem sofre de Bore Out, ao contrário do que se possa pensar, não está propriamente desmotivado no sentido restrito da palavra. O que acontece é que as pessoas sentem-se frustradas por não conseguirem encontrar tarefas que gostem, ou sentem que não são reconhecidos pelos seus esforços na organização. Outras manifestações de bore out são insónias, incapacidade de concentração, fadiga crónica, bem como um certo laxismo nas actividades do dia a dia.

Um dos factos curiosos acerca do bore out, é que acontece com mais frequência nos empregos chamados de “colarinho branco”, ou seja normalmente em profissões de índole mais administrativo, onde as metas a atingir não são claramente definidos, nem existe um valor métrico o que possa servir de comparação.

Mas então o que se pode fazer para evitar o bore out?

1 – Reconhecer os sintomas do bore out

Como já foi explicado, o bore out não tem sintomas que se vejam a olho nu, daí que é de extrema importância que os individuos saibam reconhecer os sintomas, principalmente a sua desmotivação, e qual a causa. Se acham que levam mais tempo do que o suficiente para completar uma tarefa rotineira, então é provável que estejam a sofrer de bore out.

2 – Realizar tarefas agradáveis
Bem, todos sabemos que nem sempre é fácil realizar tarefas que nos sejam agradáveis no local de trabalho. No entanto, se valorizarmos tarefas que nos sejam agradáveis, e nas quais se sinta algum grau de satisfação pela sua execução, já será um passo no caminho para evitar o bore out.

3 – Definir um horário

Não adianta ficar no local de trabalho depois da hora, se não houver produtividade. Ou seja, deve-se valorizar a qualidade do trabalho executtado e não o tempo que se passa no local de trabalho.

Ao prolongar a permanência num local que causa fadiga e insatisfação, só se está a agravar a situação, e não a resolvé-la.

4 – Adoptar estratégias de compensação

Se é certo que nem sempre podemos evitar os dissabores, podemos pelo menos tentar reduzir a sua carga de esforço sobre nós. Daí que a importância de se ter um passatempo, ou algo que ocupe os tempos livres é de extrema importância para permitir que o nosso corpo adquira defesas.

Se tem um trabalho que exiga esforço mental, arranje um passatempo onde puxe pelo corpo… uma caminhada diária já pode ser uma ajuda.

Cncluindo, o Bore out, começa cada vez mais a espalhar-se pelos locais de 5trabalho, sendo que na maior parte das vezes é causado por faltas de comunicação dentro da empresa, e pela inabilidade da gestão em reconhecer ou ouvir o seu grupo de trabalho.

E vocês conhecem alguém que sofra de Bore Out?

Até Já!

Related Posts with Thumbnails