A única certeza que podemos ter é a da incerteza. Ou seja, podemos sempre estar certos de que nada é constante.

E se esta velha máxima se aplica na nossa vida, mais facilmente se aplica no mundo da gestão. Com a crise instalada é cada vez mais difícil obterem-se os resultados esperados pelas estratégias de antigamente.

Assim, torna-se cada vez mais complicado definir com certeza, qual o caminho a seguir.

Já há uns tempos que aqui escrevi sobre a melhor forma de se conseguir estabelecer objectivos eficazes, e essas dicas mantêm-se actuais.

Mas vamos então voltar às incertezas da gestão de que falo no título deste post…..

1 – O tempo da incerteza

De facto, cada vez mais os gestores se preocupam por não saberem se as suas previsões se conseguem concretizar. Afinal, já muito pouco depende deles, e cada vez mais do mercado onde actuam.

Ou seja, é cada vez mais necessário desenvolver e criar uma cultura de proactividade, de pensar em várias estratégias e ir testando e procurando sempre novas soluções.

E muita das vezes não fica mal recorrer a empresas de consultoria para agilizar procedimento e métodos de trabalho.

2 – Parar para pensar

Na maior parte dos casos, a tentativa é sempre de se tentar uma “fuga para a frente”, quando na realidade vale mais a pena, PARAR, PENSAR e acima de tudo raciocinar com clareza sobre qual o caminho a seguir.

Não serve de nada ser ambicioso se não se sabe que para chegar ao topo de uma montanha, não basta ir de helicóptero, é preciso programar as etapas e ir agindo à medida que se avança.

Além do mais, é sempre mais fácil programar pequenas etapas e ir verificando o seu cumprimento, e assim é garantido que se conseguem cumprir os objectivos de mais longo prazo.

3 – Descobrir o seu caminho

Se cada blogger sabe que o seu blog se enquadra num determinado nicho de leitores, é preciso que os gestores tenham também a capacidade de entender que nunca conseguirão agradar a todos. Basta é saber escolher qual o público (clientes) que pretendem para o seu negócio, e centrar neles os seus esforços.

Mas, neste caso, masi uma vez só se consegue por tentativas e erros. Mas vale mais a pena errar do que não fazer nada!

4 – A importância da equipa

Nunca é demais referir que se internamente as coisas não funcionam, ou se só funcionam sobre pressão, nunca conseguirão captar novos negócios / clientes para a empresa se a equipa de trabalho não se encontra motivada, ou se apresenta sinais de fadiga crónica.

Mais do que os talentos individuais, o importante é a criação de sinergias com os membros de uma equipa de trabalho. Afional nunca somos detentores da verdade absoluta de nada.

5 – A incerteza de estar certo

Certo ou Incerto? – Eis a Questão!

Mas mais do responder a esta pergunta, o importante é que se consiga adoptar um espírito empreendedor e que nos sintamos preparados para conseguir resolver de forma eficaz todos os problemas que nos são colocados por vivermos em tempos de incerteza.

Certo, certo, é que podemos sempre contar com as incertezas que fazem parte da nossa vida. Essa é a grande certeza que todos devemos ter.

E vocês? Como lidam com a incerteza?

Até Breve!

Related Posts with Thumbnails