Já há cerca de 1 mês escrevi aqui um post sobre “bater com a Porta”, e chamei-lhe na altura de parte 1. O que não podia dizer na altura vou agora poder, finalemente dizer.

Quanto iniciei este blogue, para além do carácter lúdico, queria criar um espaço dedicado onde pudesse ir discorrendo sobre várias situações que fazem parte da minha vida, uma das quais a vida profissional.

No entanto, confesso que o blogue criou uma espécie de vida própria, sendo que tenho uma fatia de leitores que me acompanha já há algum tempo e a quem considero amigos (apesar de não nos conhecermos pessoalmente 🙂 .

Bom, mas vamos então ao que interessa……

O blogue não vai acabar, e estou aqui a escrever também para pedir desculpa pela falta de tempo para actualizá-lo como era hábito, mas há cerca de 5 meses atrás tive que fazer uma escolha entre todos os projectos que tinha em mãos e tive que optar por deixar o blogue para um plano mais afastado.

Por outro lado, tudo isto não foi indiferente à minha situação profissional de trabalhador por conta de outrém, que não me permitia ter acesso livre para ter acesso á internet, o que me limitou desde logo a capacidade de conseguir fazer actualização, já que há noite e já cansado era cada vez mais dificil ter inspiração para manter a qualidade dos textos com o desejava.

Mas, e então porquê o “bater com a porta”?

Bom a verdade é que inciei um novo projecto profissional, despedi-me da empresa onde estava, já que a crise não pode servir de desculpa para comportamentos irracionais, de subjugação de trabalhadores, e como nunca fui um “yes man”, acho que um quadro superior deve poder dizer o que lhe vai na alma para o bem da empresa, mas como isso era mal visto, cheguei ao meu limite.

Assim, pesei os prós e os contras, e tomei uma decisão de me tornar profissional independente, ou seja, em vez de andar a facturar para os outros, vou por uma vez na vida, facturar para mim!!

Confesso que foi uma decisão dificil, já que neste tempo de incerteza, tudo é complicado, no entanto, como nunca fui hipócrita, preferi sair de uma situação que me estava a arruinar a minha saúde, e como não gosto de andar de “baixa pela caixa”, tomei uma decisão da qual espero não me arrepender!.

Bom, como este post já está a ficar longo, e não vos quero maçar com assuntos pessoais, vou terminar dizendo que a partir de agora este blogue voltará a ser actualizado mais vezes, e quando mais não seja vou dando conhecimento dos novos projectos que estou a desenvolver, e como vão correndo.

Afinal neste ano e meio de blogue, acreditem que tenho aprendido muito com os meus leitores.

Já agora, deixem-me as vossas opiniões sobre a minha decisão.

Até Breve!

Related Posts with Thumbnails