Com a crise, as empresas começaram a tomar noção de que o seu crescimento, mais do que nunca deve ser sustentado.

Crescimento sustentado, significa em Bom Português, que como diziam os nossos avós “nunca dar um passo maior do que a perna”. Com isto pretende-se dizer que a visão estratégica deve ser construída em factos concretos e na realidade de cada empresa, e que não se deve sonhar demasiado em grandes projectos quando não se tem uma estrutura de apoio eficaz que garanta o sucesso.

Infelizmente, a prática comum, foi durante muitos anos o crescimento desenfreado, e com recurso ao crédito, sem se ter noção dos perigos que se enfrentam.

Falando de uma forma prática, não adianta transformar uma mercearia num supermercado se a gestão não acompanhar a mudança e se preparar para ela.

Então como se deve promover o crescimento das empresas?

crescimento-empresa

Antes de responder à questão, vou apenas relembrar um principio de gestão que dá pelo nome de Principio de Peter que diz ” Nós somos promovidos até ao nosso nível máximo de incompetência!“, ou seja podemos ser muito bons numa determinada área ou função, e sermos verdadeiramente incompetentes quando somos promovidos, porque não detemos competências para tudo.

Assim, a primeira coisa a fazer antes de se pensar em crescimento, é conhecer bem os recursos humanos da empresa, e saber com exactidão até onde é que cada um pode ir. Não adianta de nada exigir em demasia, sem se dar nada em troca.

Afinal, todos nós gostamos de ver reconhecido o nosso trabalho, e por vezes não é só a questão do dinheiro que está em causa.

A solução para a crise, não passa pelo despedimento de trabalhadores, mas deveria passar pela sua contratação, já que só assim é que se permite que haja poder de compra e consumidores para o que se produz.

O efeito da teoria do dominó é válido quer para as situações de crise (cai uma peça e caem as outras), bem como para o crescimento (uma peça conduz a outra).

Só quando as empresas, e principalmente os seus gestores aceitarem que precisam da participação activa de todos os seus trabalhadores, é que conseguirão crescer de uma forma sustentada e com visão de futuro.

De outra forma, a única coisa que conseguem é contribuir ainda mais para o aumento da crise e para a perca de dinheiro.

Já agora, Como são os planos de crescimento das vossas empresas?

Até Breve!

Related Posts with Thumbnails