Ontem falei aqui, obre a estratégia de diversificação de um portefólio, considerando vários factores a ter em conta no momento de investir.

 No entanto, em tempos de recessão da conjuntura económica, com a descida anunciada da taxa de inflação, e mesmo considerando a ameaça de deflação dos Estados Unidos, os depósitos a prazo estão a ficar cada vez mais atractivos.

 De acordo com vários especialistas este não é o melhor momento para se investir em acções porque o cenário ainda é muito incerto, bem como a própria confiança dos investidores ainda não recuperou totalmente dos acontecimentos dos últimos meses.

 Por outro lado, o receio de deflação nos EUA, favorece o investimento em produtos de taxa fixa.

 Importa ainda esclarecer que com a taxa Euribor a cair, as taxas dos depósitos vão também descer, mas se somarmos a isto que a taxa da inflação real não deverá ser tão acentuada, verificamos que apesar da pouca rentabilidade que os depósitos a prazo oferecem face a outro tipo de activos financeiros, pelo menos são isentos de risco.

 Daqui se conclui, que os depósitos a prazo, ou até mesmo os certificados de aforro se tornem a melhor opção para as poupanças daqueles que têm medo de assumir riscos em alturas de grande incerteza como esta que actualmente vivemos.

 Por isso, se tiver dinheiro para investir, pense 2 vezes e tome a decisão certa para a sua carteira!

 Para ficar sempre a par das novidades aqui no blogue, subscreva a feed RSS.

 Até Breve!

Related Posts with Thumbnails