O crédito de cobrança duvidosa das familias portuguesas aumentou 3,6% em Novembro de 2008 face a Outubro de 2008, atingindo um novo recorde de 3.035 milhões de euros, de acordo com o boletim estatístico do Banco de Portugal que foi ontem divulgado.

Por comparação com Novembro de 2007, o crédito malparado subiu mais 26,62%. Da leitura do boletim resulta ainda, que apesar de tudo, os bancos continuam a aumentar o financiamento às empresas (subiu 0,7%) e às familias (subiu 0,3%).

Ora, isto implica que o risco do crédito malparado corre ainda mais a probabilidade de aumentar, o que a suceder irá concerteza ser ainda mais um problema de estrutura que não será facilmente resolvido a curto prazo.

Quanto mais aumentam as dívidas, mais aumenta o prazo em que se consegue pagar as mesmas.

É chegado o tempo de reflexão, e de pensarmos que precisamos de encontra novas saídas para este problema. Porque o financimanento só é útil qunado nos ajuda a proudzir e a criar mais riqueza, e mais dinheiro, De outra forma, arriscamo-nos a cair numa espiral da qual dificilmente sairemos.

Já agora, O que pensa disto?

Para ficar sempre a par das novidades do blogue, subscreva a feed RSS.

Até Breve!

 

Related Posts with Thumbnails