Se está à procura de um carro novo, de certeza que se está a perguntar se deverá comprá-lo ou adquiri-lo em sistema de leasing. Apesar de muitas pessoas preferirem comprar, e de muitas outras preferirem optar pelo leasing ou pelo ALD (Aluguer de longa duração), há vantagens e desvantagens em ambas as situações, por isso a decisão final irá depender exactamente daquilo que pretende.

Ao pesar os prós e os contras de ambas as situações, deverá ser capaz de tomar a decisão que mais se adequa aos seus interesses e condições.

Uma das vantagens da compra de um carro (ou do seu financiamento para a mesma), é o facto de poder conduzir quanto quiser. Isto porque na maior parte dos leasings existe um valor estipulado de Quilometragem por período, e se fizer mais quilómetros para além do estabelecido, terá de pagar por esse excesso, o que irá fazer com que o leasing fique ainda mais caro.

Faça uma estimativa dos quilómetros que faz anualmente e verifique se o leasing se adequa ao seu estilo de condutor, e considere ainda os imprevistos que podem fazer com tenha que conduzir mais (um novo emprego, novos projectos, etc.)

Outra das vantagens da compra, é que o carro é da sua exclusiva propriedade. Assim, se desejar modificar algo no carro poderá fazê-lo sem ter que solicitar autorização à companhia de leasing ou financeira que é a dona do carro. O melhor a fazer nesta situação, é assegurar-se que o veículo que adquire em leasing tem todos os extras que deseja.

No entanto, se a ideia de trocar de carro de 2 em 2 ou de 3 em 3 anos o atrai, então talvez o leasing seja a solução que procura em vez da compra do carro. Acaba por ser uma maneira fácil e simples de mudar de carro no fim do período de leasing.

Por outro lado, considere também que assim ficará livre das dores de cabeça que as reparações, revisões e trocas de pneus acarretam, já que normalmente em sistema de leasing todos estes custos estão incluídos na mensalidade.

Se o custo do financiamento para a compra versus o leasing é um factor determinante na sua decisão, então talvez escolha o leasing como opção. Dependendo do tipo de veículo que escolha, bem como do montante inicial que pague, as prestações mensais de um veículo adquirido em leasing podem ser substancialmente mais baixas do que se optar pela compra.

De qualquer forma, pode sempre optar por, no final do período contratado, fazer o pagamento do valor residual e ficar com a viatura para si.

Resumindo, quer escolha o leasing ou a compra directa, para o seu próximo carro, esta será sempre uma decisão que deve ponderar, considerando os pontos a favor e a desfavor de ambas as soluções.

Acima de tudo é uma decisão racional, e não emocional que deve fazer, portanto na hora de fazer as contas não se esqueça da calculadora.

Já agora, como comprou o seu actual carro? Acha o leasing ou o renting boas opções? Deixe o seu comentário e participe na discussão do tema.

Para ficar sempre a par das novidades do blogue, subscreva a feed RSS.

Até Breve!

Related Posts with Thumbnails