Quando aqui falei sobre a constituição do mercado financeiro internacional, pretendi fazer uma primeira abordagem sobre aquele que é considerado o iniciador da actual crise.

No entanto, e conforme referi na altura, vou agora falar sobre algumas das principais segmentações dos mercados financeiros, nomeadamente o mercado cambial, mercado monetário, mercado de capitais e mercado de acções.

Vamos então começar pelos mais importantes e conhecidos:

mercado financeiro

1 – Mercado Cambial

É o mercado onde se transaccionam moedas nacionais, tendo em vista a realização de transacções comerciais ou financeiras entre residentes de duas economias diferentes (por exemplo quem mora na Europa vende euros para comprar dólares)

2 – Mercado monetário

É o mercado para operações financeiras de curto prazo (até 1 ano), e pode ser sub-dividido em:

* Doméstico – operações realizadas por bancos residentes no país de origem da divisa.

* Eurodivisas – operações realizadas por bancos não residentes no pais de origem da divisa

A principal função do mercado monetário é a gestão da liquidez financeira, e em principio qualquer agente económico pode participar nestas operações seja como credor seja como devedor.

3 – Mercado de capitais

É o mercado para operações financeiras de meio e longo prazo (mais de 1 ano). A sua função é a aplicação de poupanças e financiamento do investimento.

4 – Mercados de Crédito

4.1 – Empréstimos bancários – contratos de divida não titulada

Podem ser directos, por exemplo um crédito concedido por um banco a uma empresa ou particular. Ou podem ainda assumir a forma e sindicatos quando vários bancos se unem em condições idênticas para todos e concedem um crédito a uma empresa.

4.2 – Obrigações – contratos de dívida representada por títulos transaccionáveis.

Podem ser Domésticas quando são obrigações emitidas no país e na moeda da empresa emissora.

Podem ser Estrangeiras, quando são emitidas num país diferente do país de origem da empresa emissora, mas denominadas na divisa do pís onde a emissão é realizada.

Podem ser Eurobrigações, quando são emitidas numa divisa diferente da do país onde a emissão é realizada.

5 – Mercado de Acções

São mercados onde se transaccionam títulos representativos de partes de capital social de empresas.

Também aqui se podem subdividir em:

Domésticas – Acções emitidas e transaccionadas no país da empresa emissora

Estrangeiras – Acções emitidas num país diferente do país de origem da empresa emissora

ADR (American Depository Receipts) – são certificados representativos de pacotes de acções.

As acções e as obrigações diferem no esquema de partilha de risco, porque enquanto as acções estão sujeitas à especulação dos investidores, as obrigações são títulos mais seguros a médio prazo.

Amanhã falarei sobre outras possíveis segmentações dos mercados financeiros.

Já agora, se conhecer mais alguma, deixe o seu comentário e participe neste tópico.

Para estar sempre a par das novidades do Blogue, subscreva a feed RSS.

Até Breve!

Related Posts with Thumbnails