Na era da economia digital, começaram a abrir-se novos modelos de negócio, que estão cada vez mais em voga.

Quaado aqui escrevi sobre o usar o Linkedin para o nosso sucesso , não fiz mais do que mostrar que há formas de ganhar dinheiro indirectamente, nem que seja, pela nossa promoção directa e indirecta nas redes socias.

Não quero com isto dzer que vale tudo, mas se estabelecermos a estratégia que queremos e quais os objectivos que queremos atingir, a finalidade do nosso trabalho fica bastante mais facilitada.

E, é neste aspecto que que me queria centrar neste post: Haverá uma combinação ideal entre blogs e Dinheiro?

notas e moedas de euro

notas e moedas de euro

A maior parte dos blogues são feitos de por gosto de escrever sobre algo, e sendo possivél porque não rentabilizarmos o tempo que gastamos e o dinheiro que investimos num blogue próprio (fora das plataformas gratuitas).

No mundo da blogosfera portuguesa há 2 blogues de referência que são o DinheiroOportunidade e o Fique-rico, cujos ensinamentos e a forma como nos mostram as coisas, demonstram claramente que à parte a actual crise que se faz sentir, há ínumeras formas de rentabilizarmos o nosso tempo, neste caso os nossos blogues. Além de que se nos dispusermos a aprender e a diversificar ganhamos vantagens acrescidas- e isto são os fundamentos de qualquer NEGÓCIO!

A partir do momento, em que optamos por ter um dominio próprio e hospedagem paga, passamos a olhar para o nosso blogue como o “nosso negócio“. E a margem de sucesso do nosso negócio (blogue) pode ser medida de diversas maneiras, quer pelo pagrank que o google nos atrbui, quer pelo número de pageviews, quer pelo número de visitantes que temos.

É claro que tudo isto se traduz, naquilo a que os especialistas chamam “taxas de conversão de clique”, ou seja cada anúnco que tenhamos no nosso blogue e que nos possa render uns cêntimos por clique, por cada visitante que nele clique.

Na realidade esta forma de publicidade, paraece ser a única que em altura de crise surte algum resultado, pelo menos no que diz respeito á retenção que fazemos dos anúncios que vemos. Resta aqui salientar que como qualquer modelo de negócio, também aqui se começa a assistir a algumas revoluções, das quais ainda veremos os resultados, quer para os blogues, quer para o dinheiro que se possa ganhar com ele.

Outra forma também cada vez mais comum, é a referência a diversos programas de afiliados, que mais não são do que a transformação do “boca-a-boca” na economia digital, com vantagens acrescidas para todos. Primeiro quem usa quer recomendar porque assim também ganha, e por norma os bloggers só recomendam o que acreditam (mas isto tratarei num próximo Post).

Afinal também eu utilizo programas de afiliados para promover produtos em que acredito, e que acredito que sejam uteis aos meus leitores.

De qualquer forma, não queria terminar este post, sem referir que um blogue é algo nosso e ao qual dedicamos uma parte nossa, logo além de tudo é algo que se faz por prazer, seja de infromar o leitor, seja de partilhar ideias, seja de conhecer novos bloggers, enfim, é a nossa forma de promoção do nosso segócio, que ao fim e ao cabo somos nós próprios.

De qualquer das formas este tema não se esgota aqui, e gostava de saber as vossas opiniões porque num próximo post irei falar sobre os programas de afiliados a que aderi e quais os que recomendo. Deêm as vossas sugestões.

Para ficarem sempre a para das novidades do blogue, podem sempre subscrever a feed RSS.

Até Breve!


Related Posts with Thumbnails